domingo, 19 de setembro de 2010

(Não) estou só!

Bom Dia, pessoas querida, hoje acordei me sentindo um pouco só, digo só um pouco porque sou mãe e jamais estarei só, mesmo que meus filhotes não estejam, eles ocuparão a maior parte de meus pensamentos. (Eles nascem, crescem, ficam bobos e casam, rsrsrs) e vão tomar conta de suas vidas, até mesmo aqueles que não se casam, ficam a maior parte do tempo fora.
Descobri que...brigo um pouco (bastante) com minha filha mais nova, não raro me vejo ligando nos horários mais absurdos e quero que a menina atenda, me policio bastante para não brigar, mas ela sente e fica triste. Ah! como me arrependo em seguida. Quem me dera eu ser bastante coerente e deixar minha bichinha em paz.
Quantas vezes ainda ligo para casa de minha filha casada só para saber se ela já chegou em casa, que coisa mais sem sentido é essa! E nos outros dias... dias em que a neurose deu uma folga e estou mais sossegada? minha filha está como sempre em afazeres habituais e tomando conta de si perfeitamente.
Quantas vezes arrumo um pretesto para ligar para meu filho e saber se já chegou em casa ou então se já chegou no trabalho, afinal se já está no trabalho é sinal que tudo está bem, (vcs tem noção que doidera é essa?) E minha Paz onde fica? Tenho ouvido muito os conselhos de Deus e oro bastante para que ele acrescente mas fé em coração.

2 comentários:

Izabel disse...

hehehe Gostei! do "ficam bobo e casam" também acho. Esse (Não)estou me deixou meio zureta, é para dar duplo sentido?heheh meu tico,e o teco resolveram dormir, afinal é mais fácil para não pensarmos heheh Ha! a sua paz deve ficar rindo de voce de mim, de todas as mães de verdade. Ou mães meio neurótica, ou aquela que finge que não é (eu). Chegaaaaaaa!!!! vou terminar de me arrumar para viajar. Bjs

Anônimo disse...

"Os que confiam no Senhor são como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre."
Salmo 125:1

"Elevo os olhos para os montes; deonde me virá o socorro?
O meu socorro vemdo Senhor, que fez o céu e a terra."
Salmo 121: 1-2.