terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Final de Ano

Nesta época do ano, pipocam em nossas páginas sociais, "mil" mensagens de Feliz Natal, Feliz Ano Novo, como devemos comemorar o nascimento de Cristo e como devemos perdoar! etc...etc...!
Peguei-me pensando: O que nos trazem essas mensagens, além de sua beleza (todas são lindas) mas, e daí?
E ontem?
E no mês passado?
E no começo do ano?
Quantos de nós fomos generoso s (consigo também!) e com os outros? Quantas vezes podíamos dizer sim e dissemos não, quantas vezes devíamos ter dito não!! (isso no momento seria uma atitude de amor), sem pestanejar dissemos sim!
Quantas vezes, não conseguimos perdoar (nem a nós mesmos), quisá aos outros? Quantas vezes magoamos e sabemos , o que estamos o que estamos fazendo. Porque não raro somos maldosos (somos humanos), porque não perseguir, o "Ser bom?"
Sabemos que quem nos ama vai nos ferir e vamos ferir quem amamos, (a pessoa que jamais na vida gostaríamos de ferir!) isso vai nos marcar muito e, se deixarmos, as marcas serão eternas.
Precisamos conhecer os valores do outros e preserva-los, assim como devemos preservar nossos valores.
Precisamos assumir riscos, sermos um pouco mais ousados, termos mais coragem e colocar o coração naquilo que fazemos.
Precisamos "entender" pois se assim o fizermos tiraremos o ranso.
Temos que parar de ter medo. O medo nos impede de sermos livres.
Estou colocando esta postagem na terceira pessoa, porém não quero (não tenho essa pretensão) de ser a dona da verdade. Sou apenas a dona da "minha" verdade e posso dizer pra vocês que muitas vezes não gosto do que vejo. Estou fazendo o que posso, o que sei e o que estou aprendendo para ser uma pessoa melhor. Quero perseguir o, "Ser uma pessoa melhor!"
Um Natal cheio de paz e que o ano novo que está chegando nos tragas Boas Novas. É o que desejo à todos. Beijos

domingo, 11 de dezembro de 2011

Fazendo faxina

Hoje quando acordei, senti uma dificuldade de respirar, percebi que minha gaveta emocional estava mais abarrotada que nunca. Sempre que me sinto assim, tenho vontade de voltar para a cama me encolher bem debaixo das cobertas e dormir o dia todo ou então chorar, ou ainda!...ligar para meu marido ou filhos e cobrar deles alguma coisa que "EU" gostaria de ter recebido.
Corajosamente abri a gaveta e como se olha todos os papeis comecei a tirar, só então percebi que tenho que olhar um por um, ler e ver o (porque?) e ,então botar fora de vez, mas já deu para ver que tem tanta tranqueira, tanto papel velho, tanto objeto sem uso, tanto objeto ultrapassado. Não é fácil, não raro temos a tendência de guardar tudo isso, um dia pegamos um ,e dizemos; quem sabe vou precisar uma um dia, e lá vai pra gaveta! Acontece que a gaveta encheu tanto que não fecha mais, e vou começar a derrubar por aí e pessoas que não tem nada com isso começarão a recolher e assim se formará um circulo ruim, pois ninguém tem a obrigação de recolher as tranqueiras que vou deixar cair no caminho, se eu não fizer rapidinho uma boa limpeza.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Esqueci!!!

Boa noite.
Estava desligando o computador quando lembrei-me de contar para vcs o que esqueci.
Segunda feira, dia 28 de Novembro, foi um dia atípico, primeiro acordei extremamente irritada, normalmente sou calma. - Era dia do aniversário do meu marido, coisa que eu só fiquei sabendo dia 29 de madrugada, claro que sei o dia do seu aniversário dele, só não sabia que tinha esquecido. Uma amiga me ligou convidando para ir comprar o presente de aniversário do marido dela, (nem assim!) lembrei. Lá pela duas da manhã do outro dia, caramba!! Hoje é 29! Acordei o coitadinho que já ia acordar as 4,30 porque iria viajar à trabalho e, - Meu Deus! Meu amor, vc fez aniversário e eu nem lembrei! me perdoa por favor! - Eu te amo, te amo muito! - Alguém ligou te parabenizando? - Não. Não?? tadinho, ninguém lembrou? - Todos lembraram, ele estava dormindo e nem deu atenção, fiquei sabendo depois que tinha até presente pra ele.
Graças a Deus, aqui é assim, as vezes ele chega com um presente, era porque tinha dinheiro e achou que eu iria gostar. - Um dia me deu os Parabéns, eu perguntei: Porque? - È nosso aniversário de casamento! Meu marido é uma luz no meu caminho!
Mas...tem mais uma coisa que esqueci, e esta é muito feia, lembram que eu disse que ele ia viajar à trabalho? Pois é! Esqueci de arrumar a mala dele, coisa que só lembrei também um dia depois à tarde. - Liguei e perguntei a ele se estava sem trocar de roupa, calmamente me respondeu: Não, eu trouxe! Minha cara caiu no chão, então comentei com minha mãe que calmamente também me disse: "Mas que mulher, relaxada!!" Não, não sou relaxada, NUNCA tinha esquecido antes! Realmente, não entendi o que aconteceu naquele dia!

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Estou começando a aprender

Que meu blog, sabe que faço Faculdade para a maturidade, foi engraçada essa iniciativa (da minha filha do meio). Um dia em que estava me sentindo a última das mulheres e morrendo de pena de mim, liguei para ela, percebendo o que ia ouvir, se antecipou e me disse: Mãe, te mandei um I!mail. - Estou sem computador filha. - Então...vc vai fazer Faculdade. Eu??? nesta altura da minha vida? È e...blá,blá e blá. - Mas, não tenho dinheiro filha! - Eu pago, mãe. E assim em Agosto comecei a estudar de novo. Alguns me perguntam, mas...o que vc estuda? Optou por uma determinada cadeira? Não! não é assim que funciona. O curso tem duração de 2 anos com uma relação de mais ou menos umas 50 materias, cada semestre temos algumas e partir do terceiro trimestre temos o direito de escolher qual queremos. Estou simplesmente apaixonada pelo curso, minhas colegas (engraçado, os homens são pouquíssimos) na minha classe mesmo não tem, seria muito legal ver uma das "meninas" namorando um colega de classe rs. A maioria são aposentadas, quase todas são formadas, temos até Professora da própria Universidade (aposentada) que está fazendo o curso. São duas vezes por semana, são momentos tão bons, eu particularmente,esqueço de tudo que está fora da sala de aula, desligo meu celular e tenho notado que esqueço completamente do pessoal de casa. Outro dia disse para essa menina minha patrocinadora: Filha!! hoje esqueci de vc! Meu Genro mais que depressa: Essa era a idéia!
Também já marquei terapia, relutei bastante mas agora vai!
Aprendi com uma Professora de Filosofia que temos que deixar de nos magoar tanto por conta de alguma coisa que te fazem ou falam (principalmente filhos), porque eles jamais vão achar que te magoaram pois a realidade deles é diferente da nossa, e também não sentirão culpa, (coisa que eu adoraria que tivessem ,) Muitas de nós somos especialistas em sentir culpa, isso também tem que acabar, temos que saber dizer "Não", sem raiva, sem culpa e com conciencia.

domingo, 20 de novembro de 2011

Não sei!

Não sei porque hoje estou infinitamente triste, ando pela casa sem vontade de fazer nada, minhas caixinhas não me atraem, o almoço saiu pela metade, a ansiedade é muito grande, tenho me sentido sózinha esses dias. Tenho um marido presente, tenho minha mãe em casa, mas alguma coisa me faz falta e eu não sei o que é. Vou me reunir sempre em minha comunidade religiosa, oro sempre, ouço com muita atenção o que chamo de palavra, quando estou lá saio fortalecida e parece que vou conseguir. passado algum tempo não consigo superar essa ansiedade e essa tristeza no meu coração. Será que isso é físico (problema hormonal, ou coisa assim?) meu médico não quer fazer reposição, estou pensando seriamente em procurar uma segunda opinião, acho que crio resistência por ele ter trazido meus tres filhos ao mundo e por cuidar de minhas meninas, (acho que chega uma hora que até o médico passa do prazo de validade), a coisa fica meio que no vai da valsa. Ai Meu Deus!, olha só o que estou falando! Não é nada disso, desculpem. tudinho coisa da minha cabeça! Não pensem vcs que eu sou assim o tempo, também sei , acudir, confortar, ajudar, proteger, conversar, ouvir e principalmente amar. Meu filhos são lindos, conseguem me entender sem serem grosseiros, porém são humanos e perfeitamente saudáveis (com excessão de uma), então de vez em quando levo umas boas e merecidas broncas.
E.T minha caçula faz terapia, pois pretende ser uma mãe normal, quando isso acontecer.

domingo, 13 de novembro de 2011

Como se comporta uma Neurótica.

Oi pessoas.
Agora à pouco aconteceu uma coisa que deu a dimensão da minha "neurotice", gente vcs podem pensar que eu gosto disso, mas como gostar de sentir medo e por consequencia ter uma reação imediata com uma corrida desesperada ao banheiro (ces tão entendendo ?) Pois é vou relatar até porque, agora soa bastante engraçado.
Meu marido está no quintal fazendo uma limpeza geral nas tranqueiras, de repente os cachorrinhos de dentro de casa começaram a gritar, gritar como doidos, corri para fora e tinha uma vizinha no portão ,imediatamente percebi que meu marido não estava lá, procurei-o e, pensei que vizinha vinha me dizer que ele tinha se machucado e eu não tinha visto, já que ela mora bem em frente da minha casa. Felizmente não era nada disso. Mas...cadê meu marido? Procurei, procurei..., nos fundo da casa, nos quarto, no corredor lateral e...só então percebi que...o carro dele não estava na porta.
Moral da história: A neurose cega a gente.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Meus três filhos

Sou mãe de um menino e duas meninas. O menino com 30 anos e as meninas, uma com 29 e outra com 26. E aqui vai um cliché! (Pra nós mãe eles serão sempre "as crianças" rsrs) e não pensem vcs que é porque não os deixamos crescer, (há controvérsias!) Acho que é força do hábito de chama-los assim. Meu filho é fechado! (cara fechada, sério, parece estar sempre de mal com a vida.) Mas me liga todos os dias de duas à três vezes, porém pouco passa em minha casa, quando passa, senta-se uns cinco minutos, abre todas as panelas ou faz um lanche, dá um beijo e sai. Gosto de receber suas ligações, normalmente são para contar coisas boas, as vezes liga meio jururu, faz parte, ouço com atenção e ajudo no que posso.
A do meio já é mais falante, é tranquila e tem um discernimento das coisas que chega irritar, (principalmente para uma neurótica) estou em tratamento Ok! Acho bonito que ela não tem um pingo de problemas de acordar e já me ligar para dizer: "Mãe já acordei" ou então passar uma mensagem dizendo que ficará com o celular desligado para que eu não me preocupe. Porém é muito dona de seu próprio nariz e não admite que tentem comandar sua vida.
Minha caçula, infelizmente sofre como sua mãe, pegou de herança todos os meus defeitos (e olha que sou boa nisso heim!) Digo sempre: Filha , demorei 56 anos para começar a me tratar, e vc não precisa sofrer sua vida toda, corra filha, corra! Então ela faz terapia e tá ficando melhor. É uma menina extremamente generosa, e doce, mas quando é azeda, é azeda!!
Meus meninos tem um Pai maravilhoso, sempre fiz o que podia e mais um pouco pela Educação deles, mas quando o bicho pegava feio eu dizia para meu marido ,"Toma que o filho é teu!" isso funcionou muito bem,.Creio, tenho certeza que criamos bem nossos meninos. Acho que mesmo extremamente preocupada tive discernimento e intuição até mesmo para passar a bola pra frente, quando necessário. Amo vcs meus Filhos, Meus tesouros.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Ser avó

O que é ser avó? Não sei! Deus não me deu a graça (ainda) de ter netos , talvez eu tenha que ficar menos neurótica para poder receber meu netos como eles merecem. Tenho vários sobrinhos netos e sempre que um deles está doente, meu coração fica assim...assim...fico preocupada com eles , com meus irmãos e cunhados, fico imaginando o sofrimento deles, é humano que eu me preocupe, é humano que sinta angustia pelos pequenos, porém comigo parece que sempre é mais.
Fiquei uma semana com minha irmã em Floripa e, seus dois netinhos estavam de férias na casa da vovó, coisa boa, crianças lindas meigas e saudáveis, porém um dia passamos por um susto, a menininha de cinco anos enrolou uma cordinha no pescoço, estava se enforcando, eu doida, quis pegar uma tesoura para cortar, a pequena apavorada gritou estendendo as mãozinhas "tesoura não! tia!" Eu, faca, vou pegar uma faca ! ela," faca também não tia!". Minha irmã calmamente pegou a criança e desenrolou a cordinha do pescocinho dela. Ok ! podem rir!!
mais ou menos um mês perdemos um menino de dezesete anos. Meus Deus! Quanto sofrimento. Seus avós, a única coisa que fizeram na vida foi cuidar desse menino, sua mãe! grávida de sete meses, pressão alta, todos os dias UTI para ver o filho. Foram dias muito dificeis. Deus quis leva-lo e agora está muito bem, com certeza!!. Não sei o que é ser avó, quero muito saber!!

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

DESCOBERTAS

Ontem fui à Curitiba num bate e volta para fazer companhia ao meu marido, foi uma viagem super gostosa, conversamos muito, fui perguntando um porção de coisas que...confesso, não sabia dele, apesar de nossos 33 anos,de casados , ainda temos coisas que não sabemos um do outro. Temos uma vida que por motivos alheios a nossa vontade (claro!), é um pouco duranga, no quesito dinheiro, viajamos de vez em quando e sempre viagens curtas (não tão curtas quanto a de ontem) foi à trabalho rsrsrs. Perguntei a ele, que País gostaria de conhecer, me disse que era a Holanda (vejam vcs! Holanda!) . Convidei-o então, bora lá! Quem sabe um dia.!Ele me disse!
Lembrei-me de que minha Professora de Filosofia nos contou que é casada à 45 anos, é apaixonadissima pelo marido, mas...que de vez em quando sente vontade de amarra-lo num foguete e manda-lo para lua. Gostei disso porque percebi que muitas vezes queremos ser perfeito e, isso pra que? precisamos somente compreender e amar, fiquei feliz pois assim, não preciso cobrar tanto, encher tanto o saco do pobre a troco de bobagens, tantas e tantas coisas podem e devem ser relevadas pois somos APENAS humanos. realmente tem coisas que ainda não sei dele e ele com certeza tem coisas que não sabe de mim, nem precisa, para que complicar o que está bem e bom?Vamos descobrindo ao longo de nossa vida em comum.

domingo, 2 de outubro de 2011

Guilherme

Num 15 de Março à 17 anos atrás, nascia Guilherme, não sabíamos ainda mas Guilherme era um ser predestinado, nasceu portador de necessidades especiais, criança linda, cabelinhos escuros e dono de um lindo sorriso. Menino muito amado, seus avós, que avós!!! encheram Guilherme do melhor amor do mundo, se assim posso dizer, sua mãe...menina guerreira, nunca em tempo algum ouvi de nenhum deles uma palavra ruim, um cansaço ou uma tristeza. Todos amavam Guilherme com um amor incondicional.
O tempo nos mostrou porque Guilherme viera,Guilherme, uniu, Guilherme, transformou e Guilherme ensinou.
Nesta semana, uma bacteria ou um vírus galaponte se apossou do corpinho de Guilherme, internado direto um uma UTI, recebeu todos os cuidados possíveis, mas não resistiu e ontem partiu. Hoje sepultamos Guilherme. A separação física é muito dolorida. Todos choramos muito eu...estranhamente chorava mas não de tristeza. Eu sentia na alma uma sensação tão boa, então percebi, estava com saudades, mas não triste, pois Guilherme estava tão bem! , estava sereno ,lindo e em Paz. Então como um vento, uma lufada de ar, eu percebi. Guilherme agora é um anjo e com certeza já está junto com Deus intercedendo por nós. Sentiremos sua falta, sentiremos saudades, mas mais que isso... sentiremos seu amor.















Depois vieram primos, todos mais jovem e esses meninos amaram Guilherme com o amor dos anjos.

sábado, 17 de setembro de 2011

Mudar

Oi pessoas queridas.
Mudar! a gente sempre quer mudar para melhor, porém temos tanta talha emocional que muitas vezes não conseguimos nem nos encontrar, quisá mudar! Desde pequenina, sentia angustia, fui crescendo e junto trouxe a preocupação o medo a ansiedade e isso tudo fazia com que me sentisse num abismo. Chorava muito, meus filhos sempre foram a fonte das minhas maiores neuroses, mas...eu os amo...e...amar não é sofrer! Era preciso que eu mudasse! Não sabia por onde começar, fui abençoada com meu companheiro, fui abençoada com meus filhos ,então o que era aquilo? Sempre amei muito a Deus, sempre acreditei nele, mas descobri que não confiava nele.Passei a orar bastante e pedia que Deus que iluminasse meu caminho, aos pouco fui mudando. Fiz seis meses de terapia, comecei a fazer aulas de artezanato e cuidar mais de minha saúde física, fazendo exercícios e reeducação alimentar e agora estou fazendo Faculdade para a maturidade. Estou muito feliz com isso, os Professores são fantásticos as amigas são mães como eu e assim nos ajudamos, falamos dos que nos aflige sem sentir culpa, (porque nesse departamento eu era ótima).
Tenho procurado me guiar pela Palavra de Deus.
Estou fazendo uma faxina nas gavetas de minha comoda emocional, estou jogando tanta talha fora!
Estou usando táticas que funcionam para conseguir passar por ansiedades que não tem sentido
Estou me sentindo mais calma e feliz. É preciso ser feliz! A vida é tão curta!

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Ser neurótica dá uma gastura!!!!

Oi , estou escrevendo em plena crise neurótica, acho que para desabafar, não sei...ou quem sabe para me acalmar ou ainda para passar o tempo, porque senão vou ficar doidinha da silva (mais).
Hoje na hora do almoço passei uma mensagem para minha filha do meio, menina adulta, casada e dona de seu próprio nariz. Ocorre que...ela simplesmente não respondeu minha mensagem. Ok,ok, não era pra responder mesmo, mas ainda assim eu fiquei esperando, motivo que me fez ligar para seu trabalho as 17,30, nada! 18,00 nada, celular, nada, celular do marido ,nada, mensagem para celular do marido, nada! Comecei a entrar em parafuso, já liguei para minha outra filha e perguntei se ela tinha visto a irmã na Internet. Eu não tinha visto. Não não viu! hoje nem ela nem o marido estavam online.
Deus! que cabeça é essa? é muito angustiante! É preciso que eu pare com isso, é preciso que eu viva com tranquilidade, é preciso que eu não tenha tanto medo! Sei que violência é grande, o transito é caótico, mas se não tivermos um mínimo de tranquilidade com certeza enlouqueceremos. Esperem! o telefone acaba de tocar, será ela! Sim era ela. O marido estava em reunião, ela não estava na mesa de trabalho e o celular estava na bolsa. (eles trabalham na mesma Empresa). Vou postar isso ,porém confesso estou com vergonha, sempre fico envergonhada quando tenho essas crises.

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Competencia

Olá pessoas queridas.
Aprendi em uma de minhas aulas que, quem vive bastante e bem é por pura competência, ou seja, se observou e se cuidou. Achei que a Professora tinha toda razão, vejamos:
Minha mãe é super competente, pois sabe o que deve comer e como se comportar diante da vida, é muiiiito mais saudável que nós, (seus filhos e netos.)
Tenho um menino que fuma desenfreadamente, consequentemente teve um piripaque um dia desses (não abandonou o cigarro.)
Eu tenho Fibromialgia, doença de fundo emocional, imaginem vcs que sou desesperada com tudo, sofro desnecessariamente e comi muito errado a maior parte da minha vida, isso me deu um sobrepeso enorme.
Meu marido trabalha muito dorme pouco e come mal, isso é realmente preocupante.
Devemos ser generosos conosco e gratos a Deus pela vida. Vamos ser competentes e viver bem pessoal!!

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Filhos dodói, coração de mãe doente.

Bom dia.
À uns quinze dias atraz, meu filho ligou cedo me pedindo para que marcasse um Cardiologista urgente (estava com a pressão bastante alta e o coração dando choque seguido de dores no meio do peito), gelei, nunca tinha sentido isso de maneira tão intensa. Menino casado, fechado e só corre pra mãe realmente quando a agua bate na bunda. Depois de medicado a pressão normalizou e o médico ficou marcado para o dia seguinte. Pensei...essa noite será difícil, pois não poderei ficar ligando pra saber dele. (Seis horas meu marido a meu pedido já estava ligando no rádio pra saber como ele estava). Tinha dormido bem e agora está fazendo uma bateria de exames.
Minha filhota do meio tem Febre Reumática, motivo que a faz tomar um injeção de penicilina todos os meses, quando se aproxima a data começo a lembra-la do compromisso (ela fica muito brava) mas se não se cuidar pode ter consequencias graves.
Minha menina mais nova, tem insónia cronica, sofre muito pois trabalha bastante e constantemente está cansada. Todos casados e cuidando de suas vidas mas...gente...eu continuo neurótica. Tenho medo, angustias e perco o sono também. Ainda bem que estou fazendo a Faculdade para a maturidade (quantas coisas estou aprendendo!) e nessas horas até consigo ficar tranquila. Eu vou mudar, podem acreditar!

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

ESTOU DE VOLTA.

Computador em casa de novo e tantas coisas para contar (mas...esqueci!) brincadeira, é que aconteceram muitas novidades nesses meses de ausência, ( no sentido verdadeiro da palavra) fui passear por aí. Andei no mundo da profunda tristeza, senti o verdadeiro sentido da "Síndrome do ninho vazio" juro que eu imagina ser coisa de gente fresca. Caí do cavalo. Descobri que meu marido é melhor do que poderia supor, foi valente e é super presente em minha vida. (sempre foi na vida de todos de casa). Meus filhos continuam iguais e normais, cada qual cuidando de sua própria vida, e o fazem bem feito, (isso as vezes me dá a sensação de que fui uma boa mãe, até aqui.) Peço encarecidamente a minha cabeçecinha que por favor, não me deixe fazer a bobagem de ficar me metendo na vida deles daqui pra frente. È muito difícil não não fazê-lo, pois sou mãe e por consequencia as vezes erro a mão na medida das coisas. Com o mais velho aprendi aos trancos e barrancos, com a do meio (aquela menina super centrada), um dia que fiz uma pergunta que ela achou impertinente, levei uma chega pra lá, que rolei ribanceira abaixo e demorei um séculos para subir (ainda mais que eu ando sem fôlego!). Com a menina que se casou agora, as coisas estão mais dificiceis, mas estou no maior exercício para que eu consiga deixa-la tranquila e que eu fique tranquila, afinal merecemos ser felizes. E deus me defenda de deixar minha filha infeliz. (Não quero carregar essa culpa, rsrsrs, nisso somos graques, não é mamães?)
Mas...que bom! Nem tudo são angustias. Estou fazendo controle de peso com Nutricionista, continuo pintando minhas cxs em Mdf, estou fazendo hidroginástica e tacharam!!!!!!!! Estou fazendo Faculdade para idade madura. Tudo isso é bom demais e vou contar para vcs em outra postagem, inclusive com fotos. Bjs.

sábado, 11 de junho de 2011

"Meus queridos velhos"

Boa noite.
Meu marido tem empatia estantania com idosos, prestando atenção no imenso carinho que dispensa a eles, fui me aproxagando, sempre mais e mais a cada ancião que conhecia.
Temos vários em nosso rol de amigos, visitamos sempre e, como são boas essas visitas, saímos um pouco mais sábios.
Comecemos por minha mãe, moramos juntas, ela tem 83 anos, é uma formiguinha laboriosa e também uma cigarra, mamis canta desde que o dia amanhece, é linda, caprichosa e parece ser tão feliz! Isso principalmente para mim é uma lição.
Temos uma dupla fantástica, (era um trio, mas uma já foi para o andar de cima), são pequeninas!, Uma é "mandona", dou altas risadas quando as visito, a outra, extremamente meiga, sempre que me ve diz, "que Deus te cubra de Amor e Graça, minha filha!" fico tão feliz, me dá uma sensação de que nada de mau vai acontecer. Uma tem 87 anos e a outra 85.
Temos uma Senhoria de 90 que mora a duas casa depois da minha, sofriiida, essa minha linda! mesmo assim, "educação" é seu segundo nome, super paciente e carinhosa.
Temos um Senhor de 91 anos, acabamos de chegar da casa dele, se demoro aparecer ele logo pergunta para meu marido, se estou brava por algum motivo. Perdeu a mulher e a Neta querida, hoje vive com dois cachorrinhos.
Meu marido tem tantos outros que ora ele carrega para uma consulta, ora leva alguma coisa deles para o conserto, ora compra caça palavras, ora troca uma lâmpada, arruma uma TV e, assim vamos cuidando de nossos velhinhos amados.

domingo, 5 de junho de 2011

Voltei

Bom dia pessoas queridas.
Estou com um computador meia boca, mas dá pra gasto, estava quase entrando para o movimento dos Descomputadorizados, mas meu marido e minha filha vendo minha "solidão" virtual me arranjaram este...lerdinho, ops! desculpe não vou desfazer do bonitinho.
Fiquei este tempo todo "Fora" mas continuo a mesma...rsrs...neurótica. Aproveitei para praticar outras coisas que andavam meio esquecidas, voltei para meu artesanato, li dois bons livro e imaginem vcs que estou tentando fazer comidinhas diferentes para meu maridinho (digo isto porque quem me conhece sabe que sou péssima nesse departamento), ontem tentei fazer Yaquissoba, Eca!!! ficou terrível, mas ele valentemente comeu e...não morreu, ufa! Brincadeiras à parte estou bem entusiasmada em cozinhar, já já vou fazer uma feijão branco com aquelas coisinhas gostosas e engordativas dentro. (tenho fé que ficará bom). Minha filha mais nova está bem, se sentindo feliz morando com seu namorado e eu aqui fazendo um esforço danado pra não me meter na vida da menina. Outro dia perguntei para ela se sentia falta de da casa da mãe, no que ela me respondeu. Não. Não!!! como assim? eu sinto sua falta, disse a ela, fiquei com uma baita vontade de chorar, (não chorei). Mãe tenho tantas coisas para fazer que nem tenho tempo disse-me ela. Respirei fundo, disfarcei e entendi que ela está feliz e isso é o que desejo para meus filhos. Se vc está feliz minha filha, então eu também estou. Graças a Deus meus meninos estão todos bem com seus parceiros e eu que não sou boba estou aprendendo a ser ser feliz sem eles grudados em mim. Afinal nasceram para o mundo e teem todo o direito de ir. Nós fizemos nossa parte e sem falsa modéstia, criamos bem nossos meninos. Bjs.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Pausa

Oi pessoas queridas. Devo ficar sem computador por uns quinze dias ou talvez mais. Quero deixar registrado que não parei de escrever, só estava um pouco assim assim..., vai passar, tudo na vida passa! até uva passa!! (afeee! piadinha mais sem graça!)
Na verdade acho que estava sendo injusta com as pessoas que amo e com os que me amam. Então..."bola pra frente!"
Minha menina amada já se mudou para sua casa com o namorado, estão felizes que só!
Fiz uma viagem para Buenos Aires (presente de dia das mães) da filha mais velha, foi fantástico, conheci lugares que imaginava conhecer apenas nos sonhos. Portanto...sonhos se realizam!
No meu aniversário meu marido e eu saímos sem rumo e por fim decidimos ir para Poços de Caldas. Outra viagem fantástica, cidade linda, mil lugares para conhecer e, lá fomos nós, caminhamos, caminhamos e caminhamos!!!Felizes. Ver meu marido se distraindo, andando em trezinhos turísticos, foi gratificante. Portanto...sonhos se realizam.
Quando o computador voltar postarei algumas fotos que tenho certeza, vcs vão gostar.
Beijos.

sábado, 30 de abril de 2011

ANA !!

Ana está saindo de casa para ir morar com o namorado.. Um dia eu ouvi ela comentar que ia procurar casa, (eu acreditando que fosse para o final do ano) pensei... ainda tenho um tempo, mas em uma conversa com amigas fiquei sabendo que era para agora. Foi muito difícil digerir. Brigamos muito, choramos muito! ficamos distante uma da outra, (como aquilo machucava Meu Deus) parecia que eu queria abrir a cabeça dela e colocar dentro o que EU pensava, o que EU queria. O que ELA queria, o que ELA tinha direito de querer não batia...não aceitava, não me considero uma mulher ignorante, mas será que sou uma mãe ignorante? Não...não sou! sou só uma mãe! e mãe tem desses desatinos de vez em quando!
Comentei aqui quando meu filho saiu de casa e quando se casou, comentei também quando minha filha do meio foi morar com o namorado (como diz minha mamis) isso virou moda, Não conseguia escrever nada, eu na verdade só conseguia chorar. As coisas são engraçada as vezes...Quem acabou encontrando essa casa pra eles fui eu, talvez um anjinho lá do céu deu uma forcinha, porque ela queria e queria ir morar em outro município, longe de todos os amigos, longe do trabalho e longe da família, então eu pensava ,"Ela quer ficar longe de mim", depois desistiu desse projeto eu fiquei um pouco mais tranquila.
Vi uma frase que uma amiga postou no Facebook de poeta Mario Quintana que é "O amor não prende, não sufoca, não aperta. Quando vira nó deixa de ser laço" eu acho também que é por aí.
Talvez eu tenha contaminado meu marido, porque sinto-o um pouco triste também. Minha filha quer sair, tem o sonho de fazer seu Lar. Então vá minha filha, vá seja feliz e que Deus Abençoe muito essa nova etapa de sua vida. Te amo. Vá!!

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Pirei!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Ai,ai,aieeeee!!!!!!!!!!blu,blgt, arc, unf, ui, não!!!!!!!!!!!sim!!!!!!!!!!é!!!!!!!!!!!!!, Ai-meu-Deus!!
respira, Noemi, respira, respira fundo, relaxa...vai varrer a casa, trabalho doméstico ajuda! anda! ja acabou a roupa? então vai estender. Me deixa...sair dessa prisão, amor não é prisão!, vá...seja feliz! vc precisa ser feliz...! venha... Fique comigo...quando quizer, sempre que precisar! Dor de cabeça, muita dor de cabeça! vou sair agora, vou dar uma volta. Te amo, te amo, deixa eu ser sua mãe. Seja só minha filha. Coração! Não explode não. Não grite Noemi, fale baixo, jamais eleve seu tom, mas como? me ensina? Posso falar com voce? só com voce? sem interferencias?
Tenho...tendo sim! muito medo. vou conseguir superar, pode ficar bem, vou exercitar a paciencia o desapego, só não vou exercitar o Desamor, isso jamais. Serei para sempre sua mãe. Te amo de novo e de novo e de novo e...sempre eternamente te amo.

sábado, 16 de abril de 2011

Será que toda "mãe" dorme tarde?

Olho o relógio que marca 1,15, tão tarde eu ainda acordada, isso é rotineiro, não consigo ir para cama antes das 24 e daí pra frente! 25,26,30,31 rsrs. Todas as noites é uma maratona para dormir. Espero minha mãe descer lá pelas 11 e espero subir para verificar se fechou as torneiras (ela anda esquecendo-as aberta, já tem 82 aninhos), vou ao quarto de minha filha umas duas ou três vezes, mentira! todas as vezes que passo por lá vou dar espiadinha na menina. É nesse momento que tomo meu banho, aproveito a agua bem quentinha, deixo-a cair,me sinto tão bem! Parece que com aquela agua caindo em minha cabeça e escorrendo pelo meu corpo vou tirando aquela tensão do dia e mandando embora tudo que não é bom. Visto o roupão e enquanto meu corpo seca entro no computador, dou uma xereta em todos os Sites que me interessam, pego uma revista ou o livro que estou lendo no momento e leio mais um pouco. Deito... minha cabeça fervilha, não consigo para de pensar, relaxar e dormir. Ouço todos os barulhos da noite, desde o cachorro que late lá longe até todas as sirenes que passam com seus "sons" caracteristicos. Se me vem a cabeça alguma coisa para escrever, levanto e vou escrever, senão amanhã já esqueci (ops! daqui à pouco.) Penso em meus filhos o tempo todo... È engraçado, temos tantos afazeres, mas nossos filhotes não saem de nossa cabeça nunca (É como uma música de fundo), ainda bem que é uma música bonita. Vou acabar aqui, dar mais uma olhadinha na Filha e vou deitar, (acho que vou dormir, deu sono). São 1,50. Boa Noite.

domingo, 10 de abril de 2011

Alô...Alô!!

Sabem, porque ligo para meu marido quando ele está no trabalho?
Porque tenho medo que ele não me ligue e eu fique sem marido pra falar
Sabem porque ligo para meus filhos aos domingos? Meio dia para um, uma hora para outro, e duas horas para o terceiro ((Essa é a hora que estão acordando.)
Porque tenho medo que não me liguem e eu fique sem filhos para falar.
Sabem porque ligo para meus irmãos? Porque eles não me ligam, (salvo alguma excessão,) então fique sem irmão para falar.
Tenho uma amiga que me liga sempre , então tenho uma amiga pra falar!
Estou pensando seriamente em exercitar o desapego e vou começar esquecendo o telefone.
Almoço preciso fazer... vou lá...Beijos. Fui.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Minha noite.

Bom dia, pessoas do dia! Porque eu sou pessoa da noite, sim, mesmo que durma sou pessoa da noite! Meu corpo não consegue descansar, minha mente fervilha, e tenho sonhos ruins, pensamentos ruins, penso...penso... e pensooo! Muitas vezes me pergunto e pergunto ao Bom Deus "Porque minhas noites são tão intranquilas"? Oro bastante, será que o suficiente? sei que alguma coisa tem que ser feito, mas...o que? Acho que preciso de ajuda.
Ontem , só pra vcs terem uma ideia, falei à noite com minha filha que está em Curitiba e do nada eu achei que alguma coisa não estava bem, porque ela tinha me ligado e dito "Mãe to indo dormir" tudo bem filha, durma com Deus disse eu! depois me pus a pensar e achei que eles tinha decidido vir pra São Paulo naquela hora, mas porque cargas d!gua? (não achei aquele pontinho de exclamação bem pequenininho que vai lá em cima do cargas da agua rsrs) foi esse mesmo. Minha filha mais velha quer que eu faça a Faculdade da terceira idade e ai sim! vou aprender a escrever bem e com Ortografia correta. Bem, voltemos!" Decidi" então sonhar todos os sonhos ruins e recorrente que tenho, sonhei que tinha sido abandonada e que estava andando numa lama preta (Sonhar com agua suja me dá angustia quando acordo, com lama então...!), Sonhar que fui abandonada já ficou rotineiro, mas ainda sofro, Tenho vontade de ser voluntária de alguma coisa, mas acho que tenho que estar bem, não seria justo com essas pessoas precisadas, elas tem que ter o melhor de nós e, no momento o meu melhor não é bom.
Acordo com muita dor no corpo, cansada e com vontade de voltar imediatamente pra cama.
Faço Cxs em MDF decoradas e quero fazer um quadro de Arte Francesa para cada uma de minhas filhas
e sobrinhas, também faço Hidroginastica (gosto muito) e vou proucurar aulas de Piano. Não gosto de ficar só em casa. gosto de ler mas no momento...não! isso não é legal. Beijos

terça-feira, 5 de abril de 2011

Ser mãe.

Oi pessoas, é a primeira coisa que estou fazendo, porque na cama pensava e pensava...decidi escrever. (Nem sei se será legal) se não podem ,mandar comentários ok?
Minha cabeça hoje está um nó, por causa dos meninos é claro! e olha que já fazem 26 anos que a ultima nasceu (Eu ainda não aprendi! Puz que mulher burra!).
Acho que ser mãe é: Dar tudo de bom que um ser humano é capaz de dar e depois, querer de volta em forma de dedicação. gratidão e amor INCONDICIONALMENTE. Acontece que não é assim! Nossos filhos são pessoas únicas, seres humanos que nascem com capacidade para viver e reger sua própria vida (com todo o direito do mundo). Mas...tem mãe (estou falando por mim) que sofre feito uma mártir rsrsrs. (tá ficando louca mãe?) diriam alguns aqui de casa. To, to sim! tem dias que o bicho pega, talvez sejam os hormonios, vai saber! Mas justamente nesses dias, um decide te ligar e falar uma baita abobrinha que vc jamais esperava, então vc pensa: Ainda tenho salvação o outro pode ligar e...(não liga). mas tem mais um e: Esse liga eu reclamo um do que aconteceu e ela está apressada, e eu fico esperando que ligue de novo (não liga) falo com o marido que diz: Não pode ser assim! tem que mudar! Está cansado trabalhou o dia todo e dorme. Eu sei que não pode ser assim, eu sei que estou errada, mas estou triste e magoada e por hoje, só por hoje eu estou com pena de mim. Já estou de saída para fazer minhas coisas e cuidar um desse Espírito e desse coração por minha própria conta, afinal também, sou filha e hoje sou mãe, amanhã meus filhos serão Pais e então o ciclo volta e volta e assim caminha o mundo das "mães"

sábado, 26 de março de 2011

Não gosto de ficar em casa sozinha!!!!!!!!!!!!

Agora á pouco estava lendo um livro de uma escritora Irlandesa(os livros dela são ótimos) logo...como se sentir só quando se está em companhia de um bom livro! Pois é...? Tem também dois cãozinhos lindos e um papagaio louco, que voa em mim todas as vezes que passo perto de sua gaiola, comigo ele não fala, só grita, (é serio! ele grita grita e grita!). Mesmo assim eu me sinto só.
Uns dizem que é a famosa "Síndrome do ninho vazio" já que minha ultima filha solteira está comprando suas coisinhas para ir morar com o namorado. Minha filha casada me ligou dizendo "daqui a pouco passo aí Mãe". Não aguentei esperar e liguei, ela já estava à caminho. Assim que chegou me contou todas as novidades e eu falei das minhas mas...logo ela foi cuidar de sua vida, com todo o direito do mundo! Meu filho liga todos dias, de duas a três vezes, mas pouco passa na minha casa, (acho que falar por telefone é mais prático).
Acabo de ligar para meu marido e perguntei: Vc vai demorar? Acho que não meu amor! foi a resposta, porque? Porque se vc for demorar eu vou me atirar pela janela. - (Gente a janela é baixa e de jeito nenhum eu morreria) foi só pra fazer tipo!. A verdade é essa. _ Não gosto de ficar só em casa, acho que é coisa do passado, vai saber, ? Afinal quando era jovem, passava dias sozinha, meu Pai tinha morrido, meus irmão estavam casados e minha mãe aproveitava sua vida (como todo o direito também!) e viajava bastante, eu tinha medo e chorava, mas não queria prender minha mãe. Também não tenho direito de prender ninguém em casa. Durante a semana tenho minhas coisas pra fazer, mas os sábados, são "punk". Não gosto, não gosto mesmo!
NOTA: Li um ditado assim: "Só está só, quem abandona a si mesmo". Eu não me abandonei! Só, aos sábados...

terça-feira, 22 de março de 2011

ÀS nossas meninas

Desculpem eu postar o titulo. È que o dedo escorregou na hora errada, eu fiquei procurando onde estavam arquivadas minhas postagens pra deletar , (não achei!).
Quero dedicar esta página a todas as meninas de nossa família, eu tinha entrado no orkut de uma delas e fiquei pensando quão guerreira era essa minha sobrinha e então pensei: TODAS, como são lindas nossas meninas. São batalhadora, guerreiras, briguentas, inteligentes, corajosas, doces, amigas, generosas, firmes, altivas, turronas, calmas! Tem defeitos nossas meninas, quem não os tem? Porém quantas qualidades tem nossas meninas! É dura a jornada dessas meninas já mulheres, trabalham, estudam, são mães, é cansativo mas eu as vejo sempre firmes e focadas nos seus objetivos. Amo muito vcs meninas lindas: MARIZA, MARILIA. ROCHELE, NEIA, CAROL, GRA, DANI, ANDRÉIA E ANA . Como se diz na giria "Eu pago maior pau pra vcs" Amo, amo e amo todas do fundo de minha alma.

Para nossas meninas

sexta-feira, 18 de março de 2011

Minha irmã me faz chorar

Hoje logo cedo liguei o computador, este não é um hábito comum, mas sei lá..., fui direto aos blogs que acompanho e, tem um em especial que se chama Estação do Coração. lá a pessoa coloca as música que ela mais gosta. Por acaso essa pessoa é minha irmã Izab
el. Comecei a ouvir as músicas e emocionada chorei. Quantas emoções nos trazem a musica, é uma mistura de sentimentos que nos atordoa (pelo menos eu sinto isso.) Lembrei-me então de minha irmã, (que não deixo de pensar um só dia e porque não dizer várias vezes ao dia).
Que grande mulher (literalmente) é essa minha irmã. Imaginem vcs: è deficiente visual, e por consequencia tem vários outros problemas de saúde, mas é o verdadeiro alicerce de sua família.
E como inventa coisas a danada! Tem "Trocentos" blogs, faz aula de pintura em tela, é!! é Artista Plástica (mal enxergando) , é voluntária em um Hospital e pra deixar a gente com inveja, está se preparando para viajar para França. Não pensem que ela não sente medo, é pra cima toda bela e faceira, claro que não! AS Intempéries da vida são muitas, tem dias que sei que não está bem e pensa que não vai suportar, mas se obriga a levantar e cuidar de tudo o que é necessário.
Bom como hoje estou um pouco confusa, vou parando por aqui, senão ia começar a viajar e vcs ficariam de saco cheio.
Te amo minha irmã. Sinples assim...

sábado, 5 de março de 2011

Minha Juventude!

Hoje ouvi uma frase que me fez parar e pensar. "Estou velho, onde foi que deixei minha juventude?"
E eu, onde deixei a minha? Refletindo e recordando sei que a deixei pelos caminhos das tristezas e das alegrias. Deixei como todos , vamos vivendo e sem perceber vamos amadurecendo (essa é uma palavrinha mais bonita.) Essa é a ordem natural da vida. Não! vc não estão vendo ressentimentos nas entrelinhas! Quantas tristezas, angustias e muitas vezes desespero, encontrei pela estrada da vida. caminhos cheios de obstáculos, muitas pedras e rios que quase me fizeram afundar, quando pensava que ia me afogar, saia do fundo do rio e respirava novamente.
As Alegrias, Ah! as alegrias, essas foram muitas! Quantas flores eu encontrei por esses caminhos, quantas viagens imaginarias! Os bons ventos me levaram a tantos lugares! (Se abusar já conheço o mundo inteiro.) Minha mãe velhinha e saudavel , meus irmãos todos aqui. Amigos poucos, porém de todas as horas e para o que der e vier.
Minha casa! Meu lar.
Meu marido! Meu amor e meu porto seguro.
Meus filhos! Meus tesouros. O segundo maior presente de Deus. Porque o primeiro foi a vida que ele me deu.
A juventude foi ficando pelo caminho e hoje já quase uma "Sexi-sagenária" estou aqui. e percebo que fui e sou feliz.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Minha relação com São Paulo

Cheguei à São Paulo, aos quinze anos, vim do Paraná, onde nasci e vivi até que perdi meu amado Pai. Ficamos sem nada financeiramente e achamos que seria um bom lugar pra recomeçar (sem meu Pai). São Paulo nos acolheu de braços aberto, como a tantos outros!
Começamos a trabalhar, fomos nos ajeitando como podíamos, morando ora em boa casa ora num cortiço, mas conseguimos sobreviver sem que minha mãe precisasse trabalhar. Minha irmã e eu éramos corajosas e ousadas. Ela decidiu que ia trabalhar em Banco, foi lá fez um monte de teste e conseguiu, eu menina ainda trabalhei em linha de produção de algumas fábricas, mas um dia fui procurar trabalho de Secretária, o entrevistador me perguntou: "Tem experiência?" Tenho! respondi. Não tinha. Foi nesta Empresa que aprendi o oficio e de lá fiu pra outras e deixei de trabalhar quando casada fiquei grávida de meu primeiro filho, (tive uma gravidez de risco.)
Hoje tanto anos passados, minha irmã há muitos mora em Florianópolis (Ô sossego!)
Eu casada, mãe de três filhos, continuo aqui nesta selva que ainda não deixei de amar. Peço a Deus a faço minha parte, porque, Meu Deus! Quanta violência! e essas enchentes! Como sofre nossa cidade! ontem mesmo mesmo, minha filha caminhou 2 horas e ainda tive que pega-la onde
podia chegar com o carro. São Paulo pára todas as vezes que chove torrencialmente. Perguntei, Filha: Vc acha que um dia isto vai melhorar ou a tendência é piorar, ela me respondeu, acho que a tendência é piorar. Me deu uma gastura!

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Xixi alheio

Oioi!
Nesta semana aconteceu uma coisa muito engraçada, fui levar minha filha caçula para fazer um exame que se chama Função Pulmonar, acho que vcs sabem que este exame tem que fazer força para soprar o instrumento. Bom! quando a menina entrou na saleta mandaram que se sentasse e, ela ocupou a única cadeira disponível. Acontece que a dita cuja era daquela de tecido azul escuro estofada, dessas que tem em quase todas as clínicas, (acho que é pra gente não ver a sujeira). Assim que ela se sentou...isso mesmo! A cadeira estava molhada!. Não sabemos se era agua ou se a pessoa que foi se esforçar para soprar o tal negócio não aguentou e fez xixi. Gente não é pra rir, até porque fica uma situação preocupante, afinal vai saber o que tinha lá e estávamos numa clínica, logo...muitas pessoas ali deveriam estar doentes. Foi muito difícil segurar o riso tal era a cara de desespero da bichinha, andava com o bumbum levantado achando que assim resolveria o problema.
Enfim passamos no primeiro Shopping ela entrou na primeira loja e comprou a primeira calça que serviu. Eu espero que ela não leia esta postagem

sábado, 5 de fevereiro de 2011

CULPAAAAA!!!!!

Hoje acordei me sentindo num estado de espírito péssimo estou com vontade de chorar e me sentindo culpada por estar expondo isso num veiculo tão abrangente como a Internet. Penso que não devo escrever minhas neuras e tristezas aqui, mas...é disso que trata meu blog, então me desculpem rsrsrs... A verdade nua e crua é que, sinto culpa por muitas coisas, demais pra meu gosto. Sinto culpa pelo que faço e sinto pelo que não faço. Li num livro que" a culpa em mães é como uma trepadeira que vai subindo e se embrenhando por todo nosso corpo", em mim não é só como mãe, é em tudo (que grande m...é isso!).

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Cabelos Prateados

Ontem ao me deitar, fiquei lendo um pouco, quando me virei , vi refletidos na luz os lindos cabelos prateados do meu marido, fui subitamente invadida por um grande sentimento, era uma mistura de Ternura, Admiração, Carinho e, percebi que meu Amor por ele..."dá várias volta ao mundo", como disse uma criança. Acariciei seus cabelos e fiquei lembrando, pensando e constatando, que pessoa linda é esse homem, lembrei de minha filha mais velha, tão parecida com o Pai, tão centrada e calma quanto ele, ela me disse que vai sentir saudades de ir para trabalho com ele (Todos os dias iam juntos) agora seu marido está na mesma Empresa. Pensei no meu menino , também tão parecido (fisicamente) com ele, só que meu filhote é muito sério, chega a ficar com o cenho franzido (as mulheres amam isso nele!) trabalham juntos e fico tão feliz e descansada, de ve-los unidos.
Enfim...tantas coisas deram voltas em minha cabeça naquele momento, tantas coisas boas, algumas um pouco triste mas, superadas, sempre servem como aprendizado. Pensei vou levantar e escrever agora, talvez a postagem saísse como uma foto, talvez captasse aquele momento mágico.
Minha filhota dormia no quarto ao lado (engraçado quando ela está fora não fico cuidando!) .Levantei fui olha-la e me deitei novamente em seguida adormeci. Com certeza a postagem seria confusa, aliás, acho que está um pouco confusa! Não tem problema.
Vou arrumar minhas coisas pois hoje retomo minhas aulas de artesanato, que amo.
Beijos!

sábado, 29 de janeiro de 2011

Neurótica de plantão - parte II






Passados oito dias e quando minha filha chegou em casa, posso contar para vcs como se comportou minha "neurose". Não pensem vcs que fico feliz em postar isso, mas uma vez que meu blog se refere...vamos lá. No dia anterior à viagem ,conversávamos e, eu muito falante, contei que viajar de avião é ótimo, que isso..que aquilo, blá, blá, e blá, lá estava eu felisinha da vida quando minha filha me sai com esta: Mãe estou com medo de viajar de avião( Ela tem bronquite e Asma) e tinha medo de ficar com falta de ar lá em cima. Minha velha e conhecida neurose se escangalhou de rir e me disse: Sai dessa agora! Gente acreditem se quiserem, mas eu...desabei a chorar. Entrei em pânico em imaginar que ela entrasse em pãnico em pleno voo. Agora eu pergunto? Se isso acontecesse o que eu daqui do chão poderia fazer? A danada AMOU a viagem. até mesmo as turbulencias ela curtiu. Continuando...me comportei bem bonitinha até, que um dia bateu um baita desespero peguei o telefone e liguei pra ela, até então nos comunicávamos via internet e torpedos, me atendeu estava bem, mas me disse que cada vez que atendia o celular pagava 5 dólares e, acreditem se quiserem, chorei de novo (magoei). Tudo bem! dormir! eu já durmo mal mesmo então... Hoje chegou o grande dia. O dia da chegada de minha filhota. Acordei cedo e comecei meus afazeres para não pensar muito, seu voo estava previsto para chegar as 14,10. meio dia eu já estava lá de plantão. O Voo chegou no horário, mas ela demorou mais de uma hora pra sair de lá (Não sei que tanto aquele povo faz depois que desembarca) as vezes a gente pensa que eles ficaram presos na Alfandega. Brincadeira gente, eu estava bem, até porque ela ligou assim que pousou. As apresentações do grupo foram um sucesso e agora a gente torce para que isso repercurta pra cá , são tão guerreiros, correm tanto atras de seus sonhos, trabalham muito e como se diz em Teatro "merda muita merda" pra eles
Nota: sempre que faço esses vexames, quase morro de vergonha!

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Aqui vai! A Neurótica de plantão


Imaginem vcs, morar em uma cidade como São Paulo...não pensem que sou mal agradecida, muito pelo contrário, amo esta cidade, toda feita de concreto, toda cinza, mas acolhedora, sempre de braços aberto para receber, quem vem de longe! como foi meu caso. Aqui encontrei meu amor, aqui tivemos nossos tres amados filhos, daqui sobrevivo e daqui vivo, sou feliz aqui!. Sofro...sofro muito...quando meus filhos e meu marido saem todos os dias para seus afazeres. Vc não sabe se alí na esquina um louco armado com seu carro vai fazer uso atropelando, sacando um revolver por uma simples fechada, ou quando uma bala perdida vai achar justamente alguem que vc ama e principalmente a gente não sabe se quem saiu não vai se afogar numa simples rua, talvez por passar perto de um córrego numa destas tempestade que tem assolado nosso País (Todos nós´temos alguem que passou por esse desespero). Por fim meus filhos viajam, eles tem que viajar! tem que viver! Neste momento está fora do Pais minha filha mais nova representando o Brasil numa mostra de Teatro para Paises Sulamericanos, estou baita orgulhosa, a primeira apresentação foi um sucesso, todos estão bem Graças a Deus e sabem se cuidar. Mas depois tem a volta, são 11 horas de onibus até Santiago e uma viagem de Avião até São Paulo. As vezes tenho uma crise neurótica e passo mil men. via celular pra ela, calmamente ela responde. "Madrecita, eu te amo" . Quando disse que sou feliz é porque realmente sou feliz. Quando disse que sofro é porque sou neurótica, mas tento de tudo para conseguir superar. beijos.
Amo vcs.
Vou tentar postar um foto de minha querida atriz.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Pânico de pânicos

Acho que esta postagem diz com propriedade o porque de parte de minhas neuroses. Convivi durante anos com pessoas que tinham Síndrome do Pânico (Essa tão temida doença moderna) não... acho que não, antes deveria existir, só que com outro nome, (frescura e loucura.) Passei por momentos tão difíceis por conta disso que hoje tenho pânico de ver pessoas com pânico. Pra vcs terem uma ideia, um achava que ia morrer e saia correndo para passar aquela ansiedade e, eu saia correndo atraz para que a pessoa em questão não fosse atropelada. Outro uma vez me ligou gritando de dentro do carro "Eu vou morrer!" desliguei o telefone tremendo e sai de carro feito uma louca por São Paulo, coisa que não é nada Fácil. Minha filhota mais nova teve Síndrome do Pânico por sete anos (Esses posso dizer foram os momentos mais difíceis que passei) Hoje vendo minha menina viajando de avião com tranquilidade para trabalhar no que mais ama fazer, até choro de felicidade. Acabo de falar com ela que me contou da turbulência o tempo todo no avião , porém , palavras dela! "suuuuuuuuuuper" tranquilo.
Nessa viagem à Florianopolis, estive duas vezes no hospital para levar uma amiga que foi conosco.
Diagnóstico: Ansiedade generalizada. Na volta pra casa, sentei ao lado de uma rapaz que a determinado momento começou a ficar extremamente ansioso no momento que o Comandante avisou que os comissários se sentassem e afivelassem seus cintos. Foi angustiante ver o medo daquele rapaz.

domingo, 16 de janeiro de 2011

Florianópolis

Estou chegando de uma viagem que fiz à Floripa, fiquei um pouco com minha irmã que fez uma cirurgia nos olhos por conta de um glaucoma. Pela primeira vez em minha vida fiquei fora de casa sem marido ou um dos filhos, embora minha filha mais velha e seu marido tenham ido para passar um final de semana. E também pela primeira vez "conheci" Florianopolis, estive várias vezes na cidade, mas sempre rapidinho quando ia para Serra Catarinense e passava para ver minha irmã. Desta vez fui para ficar na casa dela, foi uma viagem muito gostosa, íamos para o hospital para manutenção de sua cirurgia e depois ficávamos sassaricando pela cidade. Gente! que lugar lindo, que cidade limpa, rua largas, casas coloridas e que Praias! Claro que "fomos à la Plaia", infelizmente a Av Beira Mar deles não é praia, mas graças ao meu Sobrinho que está de férias e que estava visitando mamãe, lá fomos nós! Foram dias divertidos, meus sobrinhos tem dois filhos pequenos, que coisinhas mais lindas.
Fique super feliz em conseguir passar com tranquilidade, sem o desespero da mãe neurótica, estou bem, em outros tempos sei que não conseguiria e, ainda na próxima quinta feira minha filha irá com seu grupo de Teatro para um Festival no Chile. (Ai-Meu-Deus!) essa vai ser minha prova de fogo. Beijos

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Nossa viagem

















Oi pessoas queridas, espantei a neurose e fui passear com meu marido, foi uma viagem fantástica, cansativa, longa! 1.048 klm pra ir e pra voltar o mesmo, mas estávamos decidido a deixar tudo para lá e curtir estes quatro dias. Foram maravilhosos, fomos as Cataratas, aquilo é de uma imensidão, de uma grandiosidade que fiquei boquiaberta, a natureza de Deus é única. Depois fomos aos Parque das Aves, outra maravilha, vi pássaros lindos que passavam em revoada por nossas cabeças, pousaram em nossos braços e eu cheguei até a pegar uma cobra arghh!!. Próximo passeio Usina Binacional de Itaipu. Confesso a vc que na minha ignorancia pensei que a usina estaria lá pra quem passasse por perto a visse e pronto. Não! gente que coisa impressionante. O Passeio é monitorado, pegamos um unibus que nos levou dentro da usina por uma hora, babaei de novo. Apesar de feita pelo homem, ela abastece nosso País e todo o Paraguay. E...aproveitando que estavámos perto fomos até o Paraguay. Era dia 31 de Dezembro (estava tudo fechado.)
Adivinhem quem eu deixei em casa? A minha velha amiga neurose! viva! conseguí!!. beijos.