terça-feira, 22 de março de 2011

ÀS nossas meninas

Desculpem eu postar o titulo. È que o dedo escorregou na hora errada, eu fiquei procurando onde estavam arquivadas minhas postagens pra deletar , (não achei!).
Quero dedicar esta página a todas as meninas de nossa família, eu tinha entrado no orkut de uma delas e fiquei pensando quão guerreira era essa minha sobrinha e então pensei: TODAS, como são lindas nossas meninas. São batalhadora, guerreiras, briguentas, inteligentes, corajosas, doces, amigas, generosas, firmes, altivas, turronas, calmas! Tem defeitos nossas meninas, quem não os tem? Porém quantas qualidades tem nossas meninas! É dura a jornada dessas meninas já mulheres, trabalham, estudam, são mães, é cansativo mas eu as vejo sempre firmes e focadas nos seus objetivos. Amo muito vcs meninas lindas: MARIZA, MARILIA. ROCHELE, NEIA, CAROL, GRA, DANI, ANDRÉIA E ANA . Como se diz na giria "Eu pago maior pau pra vcs" Amo, amo e amo todas do fundo de minha alma.

6 comentários:

Noemi Szcypula disse...

Desculpem de novo, eu pensei que tivesse postado só o título. mas... sou meio assim, burrinha mesmo rsrs

Ana disse...

Que sorte ter uma filha como eu né?

É eu sei, também tenho sorte de ter uma mãe como você

Izabel disse...

Hehehehe, Boa noite.

Anônimo disse...

Olá, adorei esse blog, pois descobri que também sou uma mãe neurótica...
Minha filha tem 4 anos, eu tenho 36 anos, meu marido 32 anos. Trabalho durante o dia, estudo dois dias por semana a noite e aos sábados por duas horas....
Aparentemente sou uma pessoa normal e adaptada ao cotidiano paulistano, mas repito, apenas aparentemente...
Desde que minha filha nasceu tenho notado que sou totalmente protetora, preocupada e NEUROTICA... agora preciso de ajuda. Minha família não mora em SP, ou seja, tenho minha filha e marido somente ao meu lado, nao tenho amigos, pois com a correria do dia a dia acabo não tendo tempo, por isso achei oportuno escrever nesse blog.
Minha filha é saudável e um amor de criança, porém quando tem aquelas doenças de criança como resfriado, gripe, febre, dor de garganta etc eu fico mais doente que ela, sim doente mesmo... eu passo mau, choro, não durmo, me desoriento... sou totalmente preocupada com ela... durante o dia minha filha fica com minha sogra... ligo diversas vezes para saber se ela comeu, se reclamou de algo, se está bem, se está feliz etc... escrevendo assim parece preocupação normal de mãe, mas acreditem, não é... afirmo porque esse excesso de preocupação me prejudica psicologicamente e agora me afeta fisicamente, pois sinto enjoos, tenho disfunção renal a cada vez que ela apresenta uma doença... o que vocês aconselham? procuro um psicanalista?

CRAZY MOTHER

Noemi Szcypula disse...

Amiga anonima, sou, mas sou muito neurótica e sofro tanto quanto vc. Minha filha cacula também é assim, então ela correu fazer terapia. pois digo sempre. Filha eu precisei de 56 anos pra procurar ajuda e vc não precisa esperar tanto.
A Terapia ajuda muito, pode acreditar. Beijos e espero que vc fique bem.

Anônimo disse...

Tb estou nessa, mas sei que isso é apego demasiado a terra, do que não nos pertence, cuidar é diferente. É falta de confiança em Deus. É querer fazer a parte Dele. Assim deixamos de fazer bem feito a nossa.