sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Pânico de pânicos

Acho que esta postagem diz com propriedade o porque de parte de minhas neuroses. Convivi durante anos com pessoas que tinham Síndrome do Pânico (Essa tão temida doença moderna) não... acho que não, antes deveria existir, só que com outro nome, (frescura e loucura.) Passei por momentos tão difíceis por conta disso que hoje tenho pânico de ver pessoas com pânico. Pra vcs terem uma ideia, um achava que ia morrer e saia correndo para passar aquela ansiedade e, eu saia correndo atraz para que a pessoa em questão não fosse atropelada. Outro uma vez me ligou gritando de dentro do carro "Eu vou morrer!" desliguei o telefone tremendo e sai de carro feito uma louca por São Paulo, coisa que não é nada Fácil. Minha filhota mais nova teve Síndrome do Pânico por sete anos (Esses posso dizer foram os momentos mais difíceis que passei) Hoje vendo minha menina viajando de avião com tranquilidade para trabalhar no que mais ama fazer, até choro de felicidade. Acabo de falar com ela que me contou da turbulência o tempo todo no avião , porém , palavras dela! "suuuuuuuuuuper" tranquilo.
Nessa viagem à Florianopolis, estive duas vezes no hospital para levar uma amiga que foi conosco.
Diagnóstico: Ansiedade generalizada. Na volta pra casa, sentei ao lado de uma rapaz que a determinado momento começou a ficar extremamente ansioso no momento que o Comandante avisou que os comissários se sentassem e afivelassem seus cintos. Foi angustiante ver o medo daquele rapaz.

2 comentários:

Izabel disse...

Profundo silencio...Te amo

Izabel disse...

Minha amadinha, está ficando bom! é isso mesmo voce está com um comput.The Best, então! Mas as letras rosas para mim, ficou muito dificil, visualizar, A branca do título, ficou boa, mas fique a vontade, afinal o blog é seu né flor. Beijos