segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Meu Filho


Hoje ao chegar em casa lá pelas 21,50, encontro meu filho, sentado no sofá meio adormecido, que vontade louca de abraça-lo, e beijar muito muito, sentei-me ao seu lado beijei-o e perguntei o que o trazia à minha casa, já que eu tinha ido à hidro e seu Pai também não estava; me disse que tinha ido pagar suas contas pois o computador do escritório tinha dado pau. Conversamos um pouco, me falou dos problemas na Empresa e fomos até a cozinha, percebi que ele tinha jantado e fiquei sabendo que minha filha mais nova tbm tinha estado em minha casa. Estranho falar assim dele mas...é que é muito fechado esse meu menino, em algum momento de minha vida eu soltei de sua mão e o perdi pelo caminho, sofri, ele sofreu, todos sofremos pois nossas angustias desestabilizavam minha casa. O resgate "tinha" que partir de sua mãe, eu tinha obrigação de buscar meu filho onde quer que ele estivesse, não sabia como, mas...era mãe e o amava, então intuitivamente fui fazendo os movimentos necessários para o trazer de volta. Não! ele não tinha se perdido nos piores vícios, mas era uma menino distante, bravo, parecia que estava sempre com muita raiva da vida. Deu trabalho esse menino. Percebi que precisava mudar e mudei, comecei a trata-lo só com palavras de amor e sem cobranças; Procurei meu marido e disse: Toma que o filho também é teu, foi importantissimo isso na vida dele, (com certeza, não basta ser pai, tem que participar, e como!) busquei muito a Deus em orações e sutilmente fui notando diferenças nas suas maneiras.
Hoje continua com a cara de bravo, mas...mudou muito meu filho. mudei muito também. Somos felizes , minha casa é um verdadeiro Lar.

3 comentários:

Anônimo disse...

Família Cristã: Eu e minha casa serviremos ao Senhor!
“Mas, se vos parece mal o servirdes ao Senhor, escolhei hoje a quem haveis de servir; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do Rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais. Porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor.” (Js 24.15)
O porquê de Josué ter feito esta declaração? Quais foram os motivos da referida declaração? Encontramos várias razões ao verificar a história de Josué dentre tantas segue abaixo algumas:
1. Josué declarou “… eu e a minha casa serviremos ao Senhor”, pois momentos de crise poderão vir, mas em Deus passarão (Js 1. 1-2)
Quando Moisés morreu veio uma crise terrível sobre Josué. Ele ficou perdido, sem saber o fazer, achava ele que o povo de Israel iria morrer no deserto. Entretanto, durante a crise Deus ministrou uma palavra de CONSOLO, de SEGURANÇA e de VITÓRIA (Js 1. 5-9).
Aprendemos que momentos de crise poderão vir sobre nossas vidas e deixar-nos arrasados, machucados e até desanimados, entretanto, como Deus agiu na vida de Josué Deus ministra uma palavra de consolo, de segurança e de vitória. Não importa qual o tamanho ou gravidade da crise, mas, sim, se acreditamos que em Deus ela passará.
2. Josué declarou “… eu e a minha casa serviremos ao Senhor”, pois, Deus é fiel. O que Ele promete, Ele cumpre (Nm 23.19) “Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa. Porventura, tendo ele dito, não o fará? ou, havendo falado, não o cumprirá?” Hoje em dia a palavra das pessoas não tem valor algum, inclusive, infelizmente, a palavra de evangélicos. Não há mais comprometimento com a palavra falada. Contudo não é assim com o nosso Deus o que Ele promete Ele cumpre. Deus prometeu a Moisés que iria tirar os hebreus do Egito e da maneira que Deus falou aconteceu.
3. Josué declarou “… eu e a minha casa serviremos ao Senhor”, pois, nesta vida pode surgir grandes inimigos, porém, em Deus serão vencidos. Na história de conquista da terra prometida pelos hebreus, vários inimigos surgiram para impedi-los e derrotá-los. Mas o povo conseguiu vencer todos eles com a ajuda de Deus. Da mesma forma podem surgir inimigos em nossas vidas para impedir-nos de chegar a terra prometida, que neste artigo eu comparo com a presença de Deus e a plenitude do que Ele quer realizar em nossas vidas. Contudo com Deus ao nosso lado seremos vencedores, independente do inimigo.
Por essas e outras razões é que Josué declarou “… eu e a minha casa serviremos ao Senhor“. Que tenhamos a mesma disposição de Josué em confiar em Deus e de ter compromisso com Ele.

Izabel Talarico disse...

Que gostoso Mimi, a gente aprender a ver as coisas , as atitudes maravilhosas de cada ser, Principalmente nosso filhos que são emprestimos de Deus. E sempre é tempo de recomeçar, isso é a beleza da bondade de Deus. dando as oportunidade. Parabens mnha mana voce merece. Beijos

pureza disse...

como fico feliz de saber que Deus ouviu suas orações, que o amor pode tudo que quando fazemos a nossa parte, Deus abençoa e tudo acontece....gostei do seu blog...beijinhos Verinha