terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Reflexões, e preocupações.

Oie pessoal, boa tarde:

Todos os dias penso em escrever, mas também todos os dias penso escrever o que? Da pra entender? ter vontade de fazer alguma coisa e ao mesmo tempo um meio que preguiça, cançaço, falta de T..., mas enfim acabo sempre me sentimdo culpada (porque taí uma coisa que sou ótima, em sentir culpa) .
Culpa de não poder, de não ter, de não fazer. Culpa de poder, de fazer, culpa de ter, Meu Deus porque será que a cabeça da gente é tão complexa, porque será que sofremos tanto? Quantas vezes acho que faço tão pouco pelo meu semelhante e, quantas vezes me irrito por tão pouco com esse mesmo irmão, talvez por estar num momento tão conturbado de minha vida, perco o rumo, o controle e entro em parafuso na mais alta rotatividade ,parece que vou Bum...
Tenho mãe, marido e três filhos, cada um (claro) com sua maneira de ser e pensar e todos (claro) com suas verdades e razões, acontece que sou uma só! e desconfio que sou um pouco burrinha além de neurótica, coisa que vocês já estão carecas de saber. Então vem a angustia, o medo, a preocupação pois como já disse a coisa por aqui anda um pouco feia. _ E eu
pra bancar a engraçadinha tive um piripaque, ou seja eu bum......e foi um corre corre danado, marido saido do trabalho pra me socorrer, filha sem saber o que fazer, médico ligando e medicando! nada adiantou e lá fomos nós para o pronto socorro (tinha mais ou menos umas 50 pessoas na minha frente), agora quando lembro acho até engraçado, eu olhando para todos os lados assustadissima e dizendo no ouvido do meu marido: Vamos embora? quero ir pra casa, to com medo! Gente, mais hilário mesmo, foi quando meu marido abaixou-se no ouvido da recepcionista e disse pensando que estava sendo discreto: "Ela pode sofrer um enfarto ou um derrame a qualquer momento!" Gente aí sim o bicho pegou, a moça foi medir minha pressão e quase que ela bum...
Enfim fui socorrida, medicada e já estou em tratamento, as coisas continuam exatamente como estavam antes e se eu tivesse batido as botas, continuariam iguais. Adiantou o medo? A culpa? A preocupação?
Eu acho que a mamãe neurótica voltou das férias! Tomara que ela se canse disso tudo e peça demissão. (da neurotice tá!). beijos pra todos

5 comentários:

Ana disse...

Alguém já disse que você é neurótica? E que vc tem uma filha neurótica? Então pare de ter bum, que minha cabeça pifa hein

Izabel disse...

hehehehe que familia mais bum........ agora imagine se voce tivesse o que escrever, teríamos de ler em capítulo de tão grande hahaha beijos amada eu tb fiquei bum por solidariedade a voces.Amanha escrevo no meu blog espero...

Anônimo disse...

"Sigam o caminho do amor e busquem com dedicação os dons espirituais, principalmente o dom de profecia." 1 Corintios 14:1

"Relaxe. Você tem algumas pessoas para abraçar, pedras para saltar, ou lábios para beijar?... Um dia, você irá se aposentar; por que não agora?
Não falo de se aposentar do seu trabalho, mas de sua atitude. Seja sincero: desde quando reclamação serviu para melhorar o dia? Alguma vez você viu alguém pagar as contas com choradeira? Preocupar-se com o amanhã já ajudou a mudar o futuro?
Pelo menos por um tempinho, deixe outra Pessoa tomar conta do mundo." Max Lucado

Noemi Szcypula disse...

Anonimo, gosto muito de suas broncas e pode ter certeza de tenho procurado de corações sincero e muita vontade de mudar minhas atitudes. Obrigado.

Anônimo disse...

"O que é impossível para os homens é possível para Deus." Lucas 18:27

"O jovem rico pensava que poderia comprar sua entrada no céu. Para ele, fazia sentido: você trabalha duro, paga seus impostos e pronto - sua prestação está quitada. Mas Jesus disse: "Nada disso." O que você quer custa bem mais do que você pode pagar. Você não precisa de um sistema, mas de um Salvador. Você não precisa de um currículo, mas de um Redentor. Porque "o que é impossível para os homens é possível para Deus". Max Lucado