sexta-feira, 26 de junho de 2009

Muito especial

Hoje quero falar pra vocês de uma pessoas muito especial na minha vida, na nossa vida, é mais que especial, é nosso chão, nosso norte, nosso anjo da guarda. É meu marido amado. Seu nome não importa pois é o de menos, poderemos chama-lo de : Pai, tio, avo, irmão, cunhado, companheiro, amante, mas principalmente amigo (eu não saberia definir muito bem) amigo! penso que é tudo de bom que possa existir em uma pessoa, lindo, sua alma é escandalosamente linda, seus olhos são pura bondade, suas palavras são de amor carinhos e ensinamentos, respeita todas as pessoas , nos seus limites (sim porque temos limitações). Não pensem vocês que meu marido é perfeito, não, não é! já passamos por muitos angustias erros meus e erros dele, mas até nos seus erros mais tristes , foi uma capaz de parar pensar e optar pelo bem e pelo amor.
É extremamente bagunceiro, vai pra cozinha faz um bolinho de carne moída imperdivel mas a cozinha... Deus do Céu! Seu carro é uma zona tão grande que não cabe mais ninguem alem dele (aperdadinho claro.) Suas roupas então! se tiver uma rasgada esconda ou conserte rapidinho, porque é essa que ele irá usar. Agora o mais engraçado é que ele...engraxa seus sapatos! pasmem, os sapatos tem que ser brilhantes. _ É realmente ninguem é perfeito! _ Ah mas ele quase é ! afinal é Corinthiano!!! Timão Eo!!!!
Te Amuuuuuuuuuuuuuuuuuuu.

5 comentários:

Izabel disse...

Que postagem mais linda minha irmã, fiquei tão feliz, porque realmente eu sinto isso do teu amado. E mais feliz ainda por voce perceber e sentir de coração aberto, compreendendo os erros. Isso querida sejá feliz, aproveite essa felicidade, pois és merecedora. Isso é pra quem pode e não para quem quer. Ele está aí, de corpo e alma pra voces. Beijos te amo

Anônimo disse...

Quanto vale um amigo?

No começo da viagem,
Tudo é festa, tudo presta, ninguém tem pressa.
Ninguém discorda, todos dão corda,
até que a vasilha de paciência transborda.

De longe, todo quadro é perfeito,
mas quando me aproximo, aparece os defeitos.

Amigos de longe,
Não entendem,
Não compreendem
Nem a mão estendem,
Porque não sentem.

Empurrados para perto pela força do amor,
Se perceberam, se conheceram,
Se integraram, se gastaram e
Se Descobriram...

Quantos defeitos,
Não tem jeito,
De longe todos são santos,
De perto, todos são seres “humanos”.

Amigos conquistados,
Amigos suados,
Amigos amados,
Amigos marcados,
Amigos afastados,
Amigos deixados,
Amigos abandonados.

Quanto vale um amigo?

Vale todo amor de um pai,
Vale todo carinho de uma mãe,
Vale toda cumplicidade entre dois irmãos,
Vale todo sacrifício de um pastor,
Vale toda dedicação daqueles que
compreendem que o cordão de três dobras
não se quebra com facilidade.

Quando perco um amigo,
me empobreço, porque perdi
um valor incalculável.

Quando perco um amigo
me enfraqueço, porque foi-se
um dos cordões da minha corda...

Pense nisso meu amigo!

Josué Gonçalves - www.familiaegraca.com.br

Noemi Szcypula disse...

Obrigado amigo anonimo! Que bom que voce voltou! beijos.

Ana disse...

Não tem amigo melhor do que aquele que você pode brigar e xingar. Porque você não xinga quem você não gosta muito. Agora quem você ama, Você sabe que não vai perder esse amor então você lasca lenha, né não?
Por isso que te xingo mãe. Porque eu te amo, huahuahua

Andréia Szcypula disse...

A Ana é muito cara de pau mesmo! rs. Mas é verdade, o pai pode estar sujo dos pés a cabeça, mas o sapato sempre vai estra brilhando :)
Realmente meu pai é meu heróis! Falem mal da minha mãe, mas não falem mal do meu pai...rs
Beijos