quinta-feira, 18 de junho de 2009

Pirei

Oi pessoas, tudo bem?

Aqui as coisas andam assim assim..., tipo a filhota que parou de tomar antidepressivos, tem piripaques e nós pobres mortais piramos juntos, mas família é pro que der e vier não é? Eu porém pra não perder o costume e minhas neurotices, pirei um pouquinho mais que os outros.
Outro dia ao oferecer o remédio para pressão alta pro meu marido, coloquei na boca de minha filha mais velha (ela aceitou o remédio) e gritou mãe, o que é isso? tá ficando doida?
Também estava no carro com a filha ex-drogada quando parei numa esquina e o farol estava verde para mim e lá fiquei pensando na vida e pasmem ninguém buzinou! Sem contar que ao pagar uma conta pelo telefone, a moça me perguntando os números do código de barras eu lendo sete e falando nove. A moça insistia que tinha um numero errado e eu "sete", minha filha, mãe! é nove!, será que não sei mais ler números? Imaginem que andei até oferecendo meus braços pra ela beliscar se ficasse muito ansiosa, rsrsrs.
Essa foi muito engraçada, mas é coisa antiga. Moramos na Zona Sul por algum tempo e depois voltamos para Zona Norte, depois de passamos um dia na casa da minha sogra (na Zona Norte) peguei o carro e fui pra casa, só me lembrei que tínhamos mudado quando eu já estava em frente do Aeroporto de Congonhas, (foi um longo caminho de volta).

5 comentários:

Izabel disse...

Menina voce pirou mesmo! hehehe
Ainda bem que tem quem te socorra né?.beijos

Andréia Szcypula disse...

E teve aquela vez que vc jogou água na Ana! E no restaurante que vc sempre pergunta se tem suco, e tá escrito no cardápio. E quando vc chama a gente pelo nome dos cachorros, e quando vc fala tem café forte? Tem!? Ahhh então não quero!...rsrsr...ihhh muita coisa

Ana disse...

Você não pirou é pirada, porque será que tomava remédios pensa que isso veio do nada? Eu ach que é hereditário

Izabel disse...

Meus Deus do céu, que família mais doida, o que será que fiz para merecer pessoas tão maravilhosamente loucas, para eu conviver hehehe. Dou risada porque somos muito parecida. Meus filhos dizem mamãeeeeee que vergonha. Que nada eles ja estão acostumados e caem na risada. Bem feito para eles né, eles é que escolheram nós como mães. Cada um tem a mãe que merece hehehe. Fiz uma postagem da tela da ana e deixei um recado a ela, leia e siga aquele brog sua bruaca. Te amo

Graziella disse...

Tia, você é uma alves mesmo hauhauahuahuahauhau doida de viver!! amo você!!!!